Blog

ESG na indústria | Entenda como aplicar os conceitos no segmento industrial

Você já ouviu falar em ESG? E em ESG na indústria? Atualmente essas três letrinhas são de extrema importância não apenas para as empresas, mas também para o segmento industrial.

Nos dias de hoje, em que pautas como o desenvolvimento sustentável é bastante recorrente na sociedade em geral, inclusive no ambiente industrial, o conceito da ESG vem à tona.

Por isso, para ficar por dentro e aplicar os conceitos de ESG na indústria, confira os tópicos a seguir.

ESG – Entenda o que é

ESG é a sigla para o termo em inglês para “Environmental, Social and Governance”. Traduzindo para o nosso bom e velho português, ela significa “Meio Ambiente, Social e Governança”.

Na prática, os três pilares da ESG possuem o objetivo de mensurar as iniciativas realizadas por empresas em prol da sustentabilidade e de causas sociais.

A ESG é muito lembrada no âmbito empresarial, mas ela também é importante para o segmento da indústria, que é um dos setores mais relevantes para a nossa sociedade hoje em dia e que, muitas vezes, possui dinâmicas que impactam de forma definitiva o meio ambiente.

Como aplicar os conceitos de ESG na indústria

Estamos em um momento crucial, em que adversidades como o aquecimento global e o desmatamento já afetam diretamente as mudanças climáticas em todo o planeta. Com o intuito de amenizar esses danos, a ESG entra em cena.

A ESG na indústria traz uma série de vantagens tanto para o meio ambiente quanto para a sociedade em geral.

Com as práticas da ESG, as indústrias de uma forma geral passam a ter condições de substituir modelos antigos e pouco sustentáveis por métodos menos nocivos ao meio ambiente. A consequência disso é promover um avanço produtivo, sem causar danos à natureza.

Mas como aplicar o conceito da ESG nas indústrias? Para isso, é pertinente analisar o contexto dessa sigla, especificando cada uma das letras iniciais.

E de Environmental (meio ambiente)

Baseado no conceito de proteção ambiental, é importante que as indústrias adotem medidas capazes de reduzir os impactos das suas atividades no meio ambiente. Isso pode ser realizado utilizando, por exemplo, equipamentos que consomem menos energia.

Outra medida, nesse sentido, é a adoção de ações sustentáveis, tais como a reciclagem e o gerenciamento adequado de emissão de gases, sempre com o objetivo de assegurar a proteção dos recursos naturais e a saúde de todo o planeta.

S de Social

Além das práticas voltadas para a preservação, a aplicação da ESG nas indústrias, passa também pela adoção de medidas de cunho social. Sendo assim, é pertinente realizar campanhas educativas sobre o assunto, bem como o treinamento constante dos funcionários.

Ainda assim, é importante definir algumas metas que guiam os objetivos a serem atingidos pelas campanhas.

G de Governança Corporativa

No âmbito da Sustentabilidade, a Governança Corporativa nas indústrias implica em ações de caráter administrativo, tais como transparência na prestação de contas, estímulo ao convívio harmonioso entre os colaboradores e o compromisso com a missão e valores propostos.

A tecnologia, nesse contexto, pode auxiliar por meio de softwares de gestão que gerenciam e informações de diferentes áreas da indústria e que podem ser assimiladas pelos funcionários.

Mensuração de ações de ESG no segmento industrial

Para consolidar as práticas de ESG na indústria, é fundamental adotar também recursos capazes de avaliar o procedimento e os resultados dessas ações.

Para isso, é importante adotar relatórios que servem para o registro das ações realizadas, apontar as reduções de consumo de energia, verificar o uso das matérias-primas utilizadas e outros quesitos importantes.

Os benefícios que a ESG confere no segmento das indústrias vão além desse setor e passam a refletir também na sociedade em geral. Entre eles vale mencionar alguns pontos.

Qualidade aliada a responsabilidade

Os conceitos de ESG na indústria determinam a qualidade de produção nas indústrias, sem deixar de lado a responsabilidade de proteção ao meio ambiente.

Isso resulta em frutos futuros, como a redução de poluição, cuidado com a biodiversidade e desenvolvimento sustentável aliado ao desenvolvimento industrial.

Exemplo social

As indústrias que passam a adotar os conceitos de ESG passam a ser vistas como modelos de gestão e de sustentabilidade. E tudo isso se reflete em boa reputação e imagem social positiva.

Diferencial competitivo

A adoção de práticas de ESG também gera mais credibilidade, pois os consumidores passam a ter certeza de que possuem em mãos produtos fabricados levando em conta a responsabilidade social e ambiental. Isso é essencial para a competitividade da empresa.


A importância da ESG na indústria é vital

Graças a ela, é possível unir avanços sociais com a qualidade industrial. A razão para isso é que os três pilares da ESG guiam pequenas, médias e grandes empresas, e também são importantes para as indústrias.

Por meio da ESG, o foco não se limita ao lucro e a qualidade dos produtos, mas também a uma compreensão mais ampla sobre o futuro e o desenvolvimento sem prejudicar o meio ambiente.

Portanto, mais do que uma simples combinação de três letrinhas, a ESG na indústria é o caminho para um planeta mais saudável e negócios mais sustentáveis.

Adove

Adove

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish