Blog

Como fazer a manutenção das empilhadeiras elétricas usadas em estoques de lojas?

A manutenção das empilhadeiras elétricas usadas em estoques de lojas precisa ser uma atividade estratégica para a sua empresa porque ela pode ser decisiva na redução de custos e na alta performance dessa área. É sobre ter equipamentos funcionando com o melhor desempenho o tempo todo e garantindo a segurança dos envolvidos.

Neste conteúdo, você vai saber:

  • Por que fazer a manutenção das empilhadeiras elétricas;
  • Como fazer a manutenção das empilhadeiras elétricas e;
  • Onde saber mais sobre a manutenção das empilhadeiras elétricas.

Por que fazer a manutenção das empilhadeiras elétricas?

Em lojas que possuem estoques com muitas mercadorias, como supermercados; ou que contam com produtos maiores, como na construção civil; a manutenção das empilhadeiras elétricas é essencial. 

Afinal, o uso desse tipo de equipamento na otimização do ambiente e organização dos itens é frequente nos mais diferentes setores industriais. 

E tem outro ponto: o uso dos equipamentos se relaciona diretamente com uma demanda que considera o posicionamento estratégico das empresas no setor logístico. Tanto é que o movimento ganhou nome: verticalização do estoque.

Só que este conteúdo não é para contar a história desse ato revolucionário no setor logístico, mas para mencionar um dos pontos mais importantes para que a verticalização aconteça de forma eficiente: a manutenção dos equipamentos. 

A explicação da importância desse estudo é simples: esses maquinários são determinantes na alta performance logística, garantindo segurança aos operadores e otimizando toda a operação de armazenamento de mercadorias. 

Só que para isso acontecer, eles precisam ter um bom funcionamento. E manter o bom desempenho ao longo do tempo é um grande desafio. É nessa hora que entra a questão da manutenção.

A manutenção de uma empilhadeira e outras máquinas de movimentação de cargas pode ser dividida em tipos, sendo: preventiva; preditiva e corretiva. Entenda mais abaixo.

Como fazer a manutenção das empilhadeiras elétricas?

A manutenção preditiva é a mais recomendada para a área industrial, como a de estoques e galpões que armazenam produtos. A explicação é que ela é mais barata e permite o alto desempenho dos equipamentos por mais tempo. Temos um e-book gratuito que explica isso.

O cronograma de manutenção preventiva deve acontecer na sua empresa para que os equipamentos funcionem na sua melhor performance. Já a que é corretiva se torna opção imediata para os casos emergenciais, ainda que custem mais caro.

O que nem todo gerente de manutenção nota é que existem alguns cuidados que, mesmo sem estarem listados no checklist da manutenção periódica, são determinantes para o cumprimento desse objetivo – de manter o equipamento em bom funcionamento. 

A ideia deste tópico é trazer dicas de manutenção das empilhadeiras elétricas, que podem acontecer no dia a dia de trabalho para além do que está no cronograma. Confira.

Escolha o equipamento certo para o seu negócio

Para cada necessidade terá a melhor empilhadeira elétrica para acomodar as cargas. Isso quer dizer que nem toda opção é boa para um tipo de pavimento. Tendo em vista que ele considera os impactos com o solo e o peso que será alocado de um lugar para outro, por exemplo.

Um dos problemas comuns em grandes estoques é o uso do equipamento incorreto para determinada atividade. Entre tantas consequências negativas, uma delas é que haverá o desgaste desnecessário dos componentes essenciais para o funcionamento do maquinário. 

Na hora de comprar esse tipo de equipamento, também vale a pena estudar a possibilidade de aluguel; indo ao encontro com a questão da sua necessidade. Aliás, você já se perguntou alguma vez se é melhor alugar ou comprar uma empilhadeira elétrica? Faça isso.

Contrate operadores capacitados para o trabalho

A ideia não é a de contratar somente aqueles que são os melhores operadores de empilhadeiras, mas, ao menos, oferecer treinamento e capacitação necessários para que eles desenvolvam essas habilidades tão importantes. 

Em caso contrário, as máquinas vão precisar de manutenção muito mais rapidamente do que é recomendado. Um profissional como esse precisa ter os cursos da NR 11 e NR 12, é verdade. Mas, como bom gerente de equipes, você sabe que é preciso analisar mais do que isso, não é?

Hoje em dia, existem várias formas de avaliar a sua equipe de manutenção. Por exemplo, através do backlog de manutenção, do Mean Time to Repair, dos planos de manutenção e até da satisfação do cliente. Entenda cada um desses modos neste outro texto.

Análise recorrente das empilhadeiras elétricas

Mais uma dica para os gerentes de manutenção que querem obter bons resultados tem a ver com a análise dos maquinários. Seguindo o cronograma do setor, vale a pena pensar em revisões de tempos em tempos, o que é determinante para prevenir as correções imediatas e mais caras.

Como veremos a seguir, esse ponto é importante até mesmo para entender que uma peça de mais qualidade, é interessante pensar em revisões mais espaçadas. Se o componente for de baixa qualidade, as manutenções serão mais frequentes, o que não vale a pena porque custará mais caro e tornará a operação menos eficiente.

Os prazos para revisões vão depender dos fabricantes das empilhadeiras. Além disso, existem estratégias de manutenção que podem funcionar melhor para a sua empresa. Continue lendo para saber mais sobre elas.

Use uma estratégia de manutenção ideal 

Além dos tipos de manutenções que existem na indústria, para cada uma existem outras variações em forma de estratégia. Por exemplo, quando se considera a manutenção preventiva, as grandes empresas acabam optando pela estratégia do TBM e do UBM.

Ou seja, a TBM é a Manutenção Baseada no Tempo e a UBM é a Manutenção Baseada no Uso. Ambas podem ser ótimas opções para a sua empresa, mas você só terá a resposta depois que avaliar os indicativos, como o tipo de maquinário e a frequência do uso dele.

Já no caso da manutenção corretiva, existem outras estratégias possíveis. Como reparo imediato, reparo emergencial, reparo não emergencial, reparo de performance e reparo de qualidade. Em todo caso, o que não muda é a necessidade de usar produtos de qualidade nos reparos.

Compre componentes e peças pela internet

Essa é outra dica que parece não ter a ver com a manutenção das empilhadeiras elétricas, mas tem.  É fundamental a compra dos componentes e das peças. A primeira coisa é saber que elas precisam ser de qualidade para que não comprometam o desempenho das máquinas. 

Depois, vem a dica sobre usar a internet a seu favor. Se você é um comprador da indústria ou alguém que valida esse tipo de negócio, deve saber que é possível economizar muito na compra online. Para dar certo, avalie a garantia da compra e a credibilidade do fornecedor.

A ideia de comprar itens com os melhores custos-benefícios faz sentido porque elas vão durar mais e evitar as manutenções constantes. Um ótimo exemplo vem das rodas de empilhadeiras da Empotech, que são fabricadas com poliuretano e são mais duráveis.


Conheça os produtos de poliuretano da Empotech


Aplique os KPIs focados na gestão da manutenção

A dica final tem a ver com o uso dos indicadores de manutenção, determinantes para a administração desse setor. Sabe quando surge aquela dúvida: será que o meu setor está indo bem? Esses KPIs podem trazer uma resposta muito real e auxiliar na tomada de decisão.

Um dos motivos que explicam isso é o fato de mensurarem as atividades a partir de números, dados e valores do realmente acontece no seu setor. Depois, considere a chance de usar mais do que um KPI para comparar os resultados de modo ainda mais analítico. 

Hoje, os principais indicadores de manutenção que existem são: MTBF; MTTR; Availability; Backlog; PPC; MP e CMF. Nós temos um artigo que detalha como cada um deles funciona e como pode ser usado no seu negócio.

Onde saber mais sobre a manutenção das empilhadeiras elétricas

Gostou deste conteúdo? Aqui falamos sobre algumas dicas para ter uma manutenção das empilhadeiras elétricas mais eficiente e gerar melhores resultados para a sua loja. Mas no nosso blog tem muito mais! Sempre trazemos informações atuais sobre a logística interna. Acompanhe.

Empotech

Empotech

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se gratuitamente para receber a nossa newsletter:

Ao informar seus dados, você aceita receber comunicações e concorda com a Política de Privacidade.
Categorias
Categorias
Posts recentes