Blog

NR 11, NR 12 e o treinamento para operador de empilhadeira

NR 11, NR 12 e o treinamento para operador de empilhadeira

A NR 11 e a NR 12 são Normas Regulamentadoras (NRs) sobre a operação de máquinas e equipamentos. Uma das recomendações é a capacitação, com o treinamento para operador de empilhadeira, indicado para os profissionais de carga e descarga de mercadorias.

Neste conteúdo, saiba mais sobre essas normas e os cursos!

O que é a NR 11 e a NR 12?

No Brasil, existem 38 normas regulamentadoras ativas. Todas podem ser acessadas no site do Governo Federal. A NR 11 e a NR 12 fazem parte desse conjunto, sendo que possuem regras implantadas pelo Ministério do Trabalho.

Os procedimentos, dicas e indicações vão ao encontro dos cumprimentos obrigatórios das empresas com relação à segurança do trabalho. Portanto, o principal objetivo é o de informar e mostrar como fazer a condução segura das máquinas e dos equipamentos.

Os próprios títulos indicam os assuntos dessas NRs:

  • NR 11: Transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais
  • NR 12: Segurança no trabalho em máquinas e equipamentos

Essas NRs garantem a segurança das rotinas laborais, preservando a saúde e o bem-estar dos profissionais. Do mesmo modo, são interessantes para melhorar o desempenho das máquinas e garantir os devidos cuidados com as instalações.

Dessa forma, como veremos na sequência do conteúdo, ainda que se tenha um foco maior na segurança e no bem-estar das pessoas; há benefícios produtivos. Por exemplo, na redução de custos com a troca de peças, já que os equipamentos serão usados da forma correta.

As NRs e o treinamento para operador de empilhadeira

As NRs e o treinamento para operador de empilhadeira

Entre os protocolos dessas Normas, está o “treinamento de operador de empilhadeira”. Ou seja, uma recomendação para se aplicar esse tipo de capacitação. Veja um trecho do texto que você pode encontrar nas páginas mencionadas acima:

O operador de empilhadeiras deve receber treinamento específico, dado pelo empregador para estar habilitado a cumprir a sua função”.

Ou seja, ninguém pode operar uma máquina ou equipamento, como é a empilhadeira, sem ter o curso de capacitação oferecido pela empresa. E há outros detalhes importantes trazidos pelos textos, como:

As capacitações devem ser ministradas por pessoas qualificadas com supervisão de um profissional legalmente habilitado”.

Portanto, as aulas, teóricas e práticas, devem ser planejadas e executadas com seriedade. Logo, tem que fazer parte da rotina de todo setor da logística interna e outros departamentos relacionados à carga e descarga de produtos. A Lei ainda menciona sobre as reciclagens:

Sempre que houver mudanças nas instalações, na operação de máquinas e equipamentos e rotinas de trabalho; o operador tem que passar por um treinamento de reciclagem”. 

Sobre os cursos para operador de empilhadeira

É possível encontrar diversos cursos para operador de empilhadeira que atendem aos requisitos da NR 11 e NR 12. Aliás, mesmo quem não trabalha nessas empresas pode fazê-los se estiver em busca de uma vaga de emprego nesse setor.

O motivo é que o único requisito mínimo relacionado ao grau de escolaridade é: ensino fundamental completo. Por isso, muitas pessoas se interessam pelas aulas, de modo a terem essa capacitação para adentrarem no mercado de trabalho.

Uma dúvida comum é sobre a carga horária. As NRs informam sobre a obrigatoriedade dos cursos, mas não definem um número de horas. No geral, possuem uma média de 20 horas de formação. Lembrando que é preciso capacitar no âmbito teórico e prático.

Outra pergunta que muitos interessados fazem é sobre o valor do curso de operador de empilhadeira. As empresas que contratam costumam oferecer as aulas teórico-práticas para os seus profissionais. De todo modo, o valor médio do mercado é de R$ 190 até R$ 440.

Para quem está interessado neste assunto e quer dar um primeiro passo, uma boa ideia é fazer o nosso mini curso gratuito de operador de empilhadeira. As aulas são enviadas semanalmente para o seu e-mail e trazem todos os temas mais importantes da profissão:

  • As normas;
  • Os EPIs;
  • Os cuidados;
  • O que fazer em caso de acidentes.

É uma ótima ideia para aumentar o conhecimento relacionado à operação com empilhadeiras. O cadastro é rápido e totalmente gratuito:

Tudo que você precisa saber para operar uma empilhadeira com qualidade e segurança: clique e acesse o minicurso gratuito!

A importância do treinamento de operador de empilhadeira

Em um primeiro momento, a segurança dos trabalhadores no uso de máquinas e equipamentos. Além disso, temos a questão ética legal das normas regulamentadoras. Esses dois motivos tornam o treinamento de operador de empilhadeira bastante importante.

Tanto é verdade que esse tipo de capacitação do operador tem um papel fundamental na prevenção de acidentes. Assunto necessário, quando lembramos que os acidentes de trabalho matam 1 pessoa a cada 3h47min no nosso país, como diz o Tribunal Superior do Trabalho.

Ao mesmo tempo, também tem vantagens financeiras para as indústrias. Por exemplo, porque evita o possível e provável pagamento de multas. E, tão logo, aumenta-se a probabilidade de se ter uma melhor produtividade no dia a dia operacional.

A explicação é simples: quanto mais conhecem os maquinários, maiores as chances dos profissionais fazerem o bom uso dele. Como consequência disso, aumenta-se a durabilidade das peças, componentes e acessórios.

Aliás, falando nesses produtos, vale a atenção para que a qualidade impacta na segurança também. Uma roda de empilhadeira mais durável, por exemplo, reduz o risco de acidentes durante as atividades do dia a dia de trabalho.

Sabia que o tombamento dos equipamentos representa 22% das causas acidentais no nosso país? Por isso, os cursos, assim como o uso de peças de qualidade, são fundamentais para o bom desempenho da logística interna das empresas.

Saiba mais: NR 11, a NR 12 e o mercado de empilhadeiras

As NRs mencionadas neste conteúdo, NR 11 e NR 12, mencionam sobre o interesse em manter o aprendizado contínuo, a partir das atualizações do mercado. Por isso, recomendam o treinamento de operador de empilhadeira e mais as reciclagens periódicas.

Uma forma de se manter atualizado sobre o mercado é acessando o nosso site. Nele, todos os meses, trazemos as mudanças do setor, os avanços tecnológicos e muito mais.

Inclusive, temos um manual de empilhadeiras elétricas, fundamental para quem quer aprender mais sobre essas máquinas. É um kit que fizemos a partir das informações das fabricantes de equipamentos e tem foco na segurança da operação logística.

Para baixar gratuitamente, clique na imagem abaixo.

Opere com mais segurança: baixe o kit de de empilhadeiras elétricas!

Empotech

Empotech

2 comentários em “NR 11, NR 12 e o treinamento para operador de empilhadeira”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se gratuitamente para receber a nossa newsletter:

Ao informar seus dados, você aceita receber comunicações e concorda com a Política de Privacidade.
Categorias
Categorias
Posts recentes