Blog

Rodas de poliuretano ou borracha: entenda as principais diferenças e descubra qual tem melhor custo-benefício!

Rodas de poliuretano ou borracha: entenda as principais diferenças e descubra qual tem melhor custo-benefício!

Bateu a dúvida e você não sabe qual a melhor, rodas de poliuretano ou borracha? Sem problema, preparamos um conteúdo especial justamente para esclarecer este assunto.

Separamos alguns dos pontos mais importantes para entender se vale mais a pena investir em rodas de poliuretano ou de borracha, considerando desde durabilidade, desempenho até, é claro, custo-benefício.

Continue a leitura e confira em detalhes as observações e informações que trouxemos para te ajudar a escolher a melhor opção de roda para as empilhadeiras elétricas do seu negócio.

Desempenho das rodas de poliuretano ou borracha

O fator de desempenho abrange certos pontos que serão analisados separadamente no decorrer deste conteúdo. Contudo, a facilidade de manuseio é ponto crucial para o desempenho das operações no Centro de Distribuição.

Com isso, as rodas de poliuretano já saem na frente, uma vez que a composição do poliuretano favorece a absorção de choque de forma mais eficiente do que outros materiais. Como no caso da borracha, que apesar de oferecer manuseio razoavelmente suave, não supera a performance do PU.

Para entender melhor este ponto de desempenho, importante colocar que a roda de poliuretano diferente da de borracha, ao receber qualquer tipo de carga, sofre o que chamamos de “leve deformação”, que serve para aumentar sua superfície de contato com o piso e assim, rolar com maior facilidade.

Capacidade de carga

Rodas de poliuretano conseguem dar conta de cargas mais pesadas do que as de borracha. Isso acontece, porque sua composição por natureza, já tem uma dureza maior, que faz com que aguente diferentes cargas, com diferentes pesos – incluindo os mais elevados.

Outro ponto que mostra porque as rodas de poliuretano possuem maior capacidade de carga do que as de borracha, diz respeito aos rodízios: os de poliuretano geralmente apresentam roscas bem finas em comparação com as roscas presentes em rodízios de borracha, o que aumenta sua capacidade de carga.

Durabilidade: rodas de poliuretano ou de borracha?

Durabilidade é mais um ponto em que as rodas de poliuretano se mostram mais competentes que as de borracha.

Para avaliar este fator, deve-se considerar a temperatura, umidade e possível contato com produtos químicos aos quais as rodas serão submetidas.

E é por isso que o poliuretano é a melhor escolha para rodas que serão utilizadas em diferentes tipos de ambientes industriais, por exemplo, uma vez que este material não está à mercê de tais fatores.

O poliuretano é mais eficiente do que a borracha para suportar o desgaste prolongado causado pela temperatura, umidade e certos produtos químicos. Logo, corrosão, ruptura e desgaste da roda não são problemas a curto prazo e médio prazo para as rodas de poliuretano, o que também contribui para maior vida útil do equipamento.

Proteção do piso

Rodas de borracha macias feitas com enchimento negro de carbono, durante as operações, vão marcar o piso, o que resolve este problema é optar por rodas de borracha dura, que são geralmente da cor cinza, bem como fabricadas com um material que não vai deixar marcas no piso.

Mas, em contrapartida, devido à dureza, as rodas de borracha eventualmente vão riscar o chão. Sendo assim, não é a melhor opção quando existe a preocupação com a proteção do piso, principalmente quando se trata de superfícies de pavimento macias, como é o caso da madeira dura e linóleo, por exemplo.

Então, mais uma vez, as rodas de poliuretano são a melhor escolha, já que mesmo disponível em diferentes cores e tamanhos, sua composição não deixa que aconteça a transferência de cores quando em contato com o piso.

Desgaste das rodas

Rodas de poliuretano ou borracha_entenda as principais diferenças e descubra qual tem melhor custo-benefício!

O desgaste acontece em ambas as rodas, sejam elas de borracha ou de poliuretano. No entanto, qual delas se “desgasta melhor”? A resposta é, novamente, o poliuretano, e alguns pontos que comprovam isso incluem:

  • Rodas de borracha costumam perder pedaços ao longo do uso;
  • O poliuretano tem maior resistência ao desgaste e à abrasão;
  • As rodas de poliuretano também superam a borracha na resistência a substâncias como graxa e óleo – comuns no chão onde as máquinas operam.

Rodas de poliuretano ou borracha: qual tem o melhor custo x benefício?

Considerando que uma boa relação de custo x benefício considera valores de compra, alinhado ao desempenho e benefícios do produto em questão, as rodas de poliuretano claramente saem na frente das rodas de borracha.

Isso porque, mesmo sendo relativamente mais caras do que as rodas de borracha, as de poliuretano são capazes de transportar muito mais cargas, por mais tempo, e sem precisar de ajustes contínuos.

E estas não são as únicas vantagens, como foi possível notar no decorrer deste conteúdo, as rodas de poliuretano superam as de borracha em todos os quesitos apresentados.

Custo-benefício das rodas de Poliuretano da Empotech

Para entender o custo-benefício que as rodas de poliuretano da Empotech oferecem, basta considerar o seguinte exemplo de cálculo:

Roda Empotech = R$ 1200. Dura cerca de 3000 horas.

Roda comum = R$ 800. Dura cerca de 1500 horas.

Ou seja, quem optar pelo revestimento comum, fará 2 trocas para ter a mesma duração de quem comprou apenas 1 roda em poliuretano da Empotech. Nesse caso, a roda da Empotech é nada menos que 400 reais mais barata.

Isso sem mencionar os custos de parada da máquina ou situações onde a roda comum não chega no seu máximo de 1500 horas e descola e/ou racha no meio de uma operação.

E então?

Neste conteúdo apresentamos fatores para entender se a roda de poliuretano ou a de borracha tem o melhor custo-benefício. Se você chegou até aqui, pôde ver que as rodas de poliuretano são superiores às de borracha em todos os quesitos.

Caso você tenha alguma dúvida sobre este assunto, fique à vontade para entrar em contato conosco! Aproveite e acesse nosso conteúdo sobre Armazenagem de produtos: 6 dicas para efetuá-la de forma eficaz no Centro de Distribuição!

Adove

Adove

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish