Blog

Vagas para operador de empilhadeira

Saiba tudo sobre as vagas para operador de empilhadeira

Algumas profissões estão em alta devido à importância dos setores em que elas estão inseridas. Um bom exemplo é a logística, que tem apresentado papel fundamental na estratégia das empresas. Hoje, descubra sobre as vagas para operador de empilhadeiras

Dessa forma, para saber tudo sobre esse trabalho, considere os próximos tópicos deste artigo:

  • O que é um operador de empilhadeira
  • O que faz um operador de empilhadeiras
  • O curso de operador de empilhadeiras
  • As normas regulamentadoras do operador de empilhadeiras
  • O mercado de trabalho do operador de empilhadeiras
  • O que é preciso para ser um operador de empilhadeiras
  • A descrição das vagas de operador de empilhadeira
  • Quanto ganha um operador de empilhadeiras

O que é um operador de empilhadeira

O operador de empilhadeira é um trabalhador responsável por fazer o transporte de materiais e produtos de um lugar para outro. Para isso, ele faz o uso de um veículo que é capaz de locomover cargas em pequenas distâncias, chamado empilhadeira.

Atualmente, os setores que mais contratam esses operadores são os de estoque, de produção e o almoxarifado. É importante saber que cada tipo de transporte possui uma carga específica, o que exige conhecimento na movimentação adequada.

Essas cargas podem ser colocadas em sacos, caixas, fardas ou podem ser deslocadas sem embalagens também, como tubos e pneus. Também se tem no mercado as cargas especiais, que exigem cuidados a mais, seja com higiene ou sinalizações diferenciadas, por exemplo.

O que faz um operador de empilhadeiras

Além de pilotar essas máquinas de transporte, a profissão de operador de empilhadeira também envolve outras funções importantes para as empresas, como o controle de materiais, o conhecimento sobre o espaço de estocagem, a direção das empilhadeiras, etc.

A visão apurada e estratégica é um diferencial do trabalhador da logística porque tem a ver com a ocupação de espaços que sejam otimizados e sem a danificação de outros produtos.

Atualmente, esses trabalhos do operador de empilhadeira devem ser cuidados para que os envolvidos não sofram acidentes de trabalho. E para esse tipo de técnica, os profissionais passam por cursos e devem cumprir pré-requisitos para serem contratados.

O curso de operador de empilhadeiras

Antes de continuar é muito importante falar sobre o curso de operador de empilhadeira. Isso porque para fazer esse tipo de estudo não é necessário ter formação no ensino superior. Os cursos mais comuns são do Sest-Senat e do Senai

Nesse estudo prático, os alunos podem aprender a dirigir uma máquina através de simulações de carregamentos de cargas. Cada curso tem sua carga horária e especificações. De todo modo, eles ensinam sobre o funcionamento das empilhadeiras e a noção real do trabalho.

Entre as vantagens do curso de operador de empilhadeira, saiba que podemos mencionar aqui a garantia da vida útil do equipamento, a redução de acidentes, o aumento de produtividade e agilidade no transporte de cargas e muito mais.

Aliás, você sabia que o uso correto de acessórios e a escolha de produtos usados nas empilhadeiras também podem aumentar a produtividade do trabalho e diminuir os custos da operação? Aqui na Empotech, esse resultado é real. Conheça abaixo:

As normas regulamentadoras do operador de empilhadeiras

Atualmente, existem duas normas regulamentadoras que fazem parte da vida e do dia a dia de um profissional como esse, a NR 11 e a NR 12.

A NR 11 é sobre o transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais. Assim, acaba sendo bastante útil como uma norma de segurança para quem opera elevadores, guindastes, transportadores industriais e máquinas transportadoras.

Já a NR 12 discorre sobre segurança no trabalho em máquinas e equipamentos, portanto, tem ainda mais direcionamento para esses profissionais. Com isso, todos os operadores de empilhadeiras devem ter o conhecimento da NR 12.

Já fizemos um conteúdo explicando sobre esse treinamento da NR 11 e NR 12. Leia.

O mercado de trabalho do operador de empilhadeiras

Para quem está avaliando as vagas de operador de empilhadeira, leve em conta que o atual mercado de trabalho é promissor. Ainda mais para quem se especializa nesse trabalho, oferecendo qualidade e rapidez na operação logística das empresas.

No entanto, saiba que é mais comum que esse profissional comece em cargos como de auxiliar ou assistente nessa área. A partir do curso profissionalizante, ele pode se tornar um operador de máquinas empilhadeiras e com foco na máquina que vai conduzir. 

Também é comum que as empresas ofereçam testes práticos para saber se os candidatos estão aptos para a função. Durante a prova, além de direcionar a empilhadeira, é preciso usar dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e fazer o checklist da operação. 

O que é preciso para ser um operador de empilhadeiras

Além do curso de operador de empilhadeira, que é oferecido por várias empresas e costumam durar 40 horas, os interessados nas vagas de operadores devem seguir outros requisitos. O primeiro é ter mais do que 18 anos completos. 

Depois, vem a exigência da CNH, que é a Carteira Nacional de Habilitação, que tem que ter aprovação na categoria B. Outros requisitos que são sugeridos pelas empresas contratantes são: gostar desse tipo de maquinário e ter cautela durante o trabalho.

A descrição das vagas de operador de empilhadeira

Hoje em dia, devido à importância dessa função, muitas empresas contratam essas pessoas que atuam com maquinários na logística interna ou externa. Logo, as vagas para operador de empilhadeira descrevem as funções, os requisitos e as qualificações necessárias.

Como já mencionamos aqui sobre funções e requisitos, vamos falar um pouco mais das qualificações que os contratantes costumam mencionar em seus anúncios de oportunidades.

O mais comum é sobre ter o diploma do ensino médio, o curso de operador de empilhadeira, a NR 12, além de diferenciais como conhecimento em matemática, segurança do trabalho e regulamentos ligados às máquinas de transporte de produtos.

Quanto ganha um operador de empilhadeiras

Outra dúvida comum que se tem sobre a profissão do operador de empilhadeiras é relativa à questão salarial. Se a gente fizer uma busca em sites de empregos do Brasil, na internet, podemos ver que a média é de R$ 1,7 mil no mês para 44 horas de trabalho semanais.

Na grande maioria das vezes, esse trabalhador é contratado conforme a CLT, Consolidação das Leis de Trabalho, o que quer dizer que ele tem carteira assinada. E isso inclui direitos trabalhistas, como o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e as férias remuneradas.

Outro dado importante sobre o salário do operador de empilhadeiras vem do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que é do Ministério do Trabalho. Ele diz que o teto salarial desse profissional pode chegar a R$ 2,6 mil.

Saiba mais sobre o trabalho de um operador de empilhadeiras 

Se você busca vagas para operador de empilhadeira ou se faz a contratação dele, saiba que se manter atualizado sobre o mercado é sempre uma boa ideia para tomar melhores decisões. Aqui no blog, é possível ler vários conteúdos relevantes e todos gratuitos. Acesse.

Empotech

Empotech

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish