Blog

Você sabe como aumentar a vida útil das rodas de poliuretano?

Você sabe como aumentar a vida útil das rodas de poliuretano?

Conseguir prolongar a vida útil das rodas de poliuretano das empilhadeiras e transpaleteiras elétricas é um desafio para você? Então este conteúdo pode te ajudar!

Se você está em busca de ações e cuidados que, quando aplicados na utilização e manutenção das máquinas, garantem maior longevidade às respectivas rodas em poliuretano, saiba que sim, existem alguns fatores que podem ajudar.

E foi justamente pensando neste cenário, que elaboramos esse conteúdo com os pontos que merecem atenção para garantir que as rodas de poliuretano das empilhadeiras e transpaleteiras elétricas durem por mais tempo. Saiba mais a seguir!

Dicas para aumentar a vida útil das rodas de poliuretano

Preste atenção ao ambiente de atuação das rodas

Como é o local onde a empilhadeira elétrica opera na sua empresa?

Já ressaltamos isso no conteúdo sobre vida útil das empilhadeiras elétricas, e falando especificamente das rodas, este fator também se aplica.

A temperatura do ambiente é muito quente ou muito fria? Qual é a variação da temperatura? Estas são questões que precisam ser consideradas, já que não é recomendado usar o mesmo maquinário para operar em ambiente com temperaturas distintas.

Específico para câmaras frias e ambientes de temperatura negativa, existem adaptações nas rodas que melhoram e muito o desempenho das rodas.

Já em ambientes com temperaturas muito elevadas é necessário ficar atento ao superaquecimento e evitar manobras que possam patinar a roda. Isso pode levar ao descolamento da bandagem.

Além dessa troca constante de temperatura prejudicar alguns elementos da máquina, como a bateria, as rodas de poliuretano também sofrem com isso e acabam desgastando mais rapidamente, bem como perdendo suas capacidades eficientes de rolamento.

Como são as condições do piso em que as rodas em poliuretano serão submetidas?

Além de entender a temperatura no ambiente, olhe para o chão, como está o piso do local onde as máquinas com rodas de poliuretano são usadas?

Tenha em mente que mesmo os defeitos mais pequenos no chão, quando constantes à passagem da máquina, podem causar danos severos às rodas, incluindo os rolamentos, seção giratória e em alguns casos, até mesmo nas soldas.

Em ambientes com muita trepidação, a roda tem responsabilidade na absorção de impacto. Uma roda muito dura, pode fazer com que peças como coxim, molas, amortecedores e outras relacionadas se desgastem precocemente.

Pode-se adaptar a dureza da roda de modo que absorva melhor as irregularidades do piso. Além disso, até mesmo um piso muito liso pode proporcionar um ambiente escorregadio e as rodas necessitam de adaptação.

Ou seja, é necessário se atentar às condições do piso onde as empilhadeiras e transpaleteiras elétricas serão operadas. Além disso, na hora de adquirir as rodas em poliuretano, é muito importante avaliar o piso em que elas serão expostas, para assim, ser possível escolher o modelo mais adequado para cada situação.

Velocidade em que o equipamento é utilizado

Seguir as boas práticas de utilização do maquinário também é crucial para aumentar a vida útil das rodas de poliuretano. Isso quer dizer que quem opera a empilhadeira deve ser bem instruído e capacitado para o cargo.

Uma vez que a velocidade é um fator de operação que pode contribuir para um desgaste precoce e/ou superaquecimento da roda, é necessário se atentar a isso para que futuramente as atividades realizadas não desgastem rapidamente as rodas ou exijam, manutenções corretivas e recorrentes nas mesmas.

Qual carga será transportada?

Neste ponto você já deve ter percebido que o uso pretendido da máquina é um fator muito relevante na hora de escolher as rodas. Logo, isso também se aplica para aumentar a vida útil das rodas de poliuretano.

Com isso, fica claro que é imprescindível saber a magnitude das cargas que serão aplicadas nas rodas, para fazer a escolha do melhor equipamento, com os melhores e mais recomendados elementos.

Neste cenário, para garantir a longevidade das rodas de poliuretano nas empilhadeiras e transpaleteiras elétricas da sua empresa, bem como para evitar falhas, considere o material que as máquinas com essas rodas irão transportar.

Aliás, nas rodas de tração, recomendamos sempre apertar o parafuso o máximo possível. Parafuso frouxo pode causar ovalização dos furos ou até fazer com que a roda fique “pulando” do eixo, situação que pode ser piorada em caso de sobrecarga. E claro, não adicionar carga além do recomendado pelo fabricante do maquinário.

Interessante saber!

Mais alguns pontos de atenção para aumentar a vida útil das rodas de poliuretano são:

  • Lubrificar o rolamento no momento da instalação para facilitar a rotação;
  • Ficar atento ao superaquecimento das rodas, pois esse é o maior causador de descolamento. Como o próprio nome sugere, o calor transferido para o cubo fragiliza a cola entre aço e PU;
  • Para evitar o superaquecimento, sempre utilize espaçador ao apertar rolamento nas rodas de carga e apoio. Caso o manutentor aperte sem o uso do espaçador, ele pode exceder o limite e quando a roda estiver em operação, superaquecer e muito provavelmente soltar a bandagem.
  • Outros componentes importantes na montagem das rodas de carga e apoio são capa e retentor (popularmente conhecido como guarda-pó), que impedem a entrada de poeiras e evitam que o rolamento trave e superaqueça.

Você sabe como aumentar a vida útil das rodas de poliuretano?

Adquira rodas em poliuretano de alta performance Empotech®

  • A resina de alta performance possui um desempenho superior, absorve melhor as imperfeições do piso assim preservando demais componentes da máquina, propõe uma melhor experiência de operação, além de garantir o DOBRO de durabilidade do poliuretano comum.

E então?

Neste conteúdo apresentamos de forma clara e objetiva algumas ações essenciais para aumentar a vida útil das rodas de poliuretano. E como você pôde ver, está longe de ser uma missão impossível.

Aliás, essas dicas são bastante úteis para ajudar você a coordenar com mais eficácia as manutenções dentro do centro de distribuição! E esperamos que assim seja mesmo, mas em caso de dúvidas sobre o assunto, fique à vontade para entrar em contato conosco!

Agora, para otimizar ainda mais o processo de manutenção do maquinário da sua empresa, acesse nosso conteúdo sobre empilhadeira elétrica e confira 5 problemas comuns que podem acontecer e como resolver!

Adove

Adove

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortugueseSpanish